Traduzir/Editar.

Ver código fonte.

Enquanto se preparava para voltar ao seu posto à esquerda do jovem Fuller, Wigner notou o estranho status que havia contaminado o centro do campo de batalha, desde Bragg até Lidar. Seus olhos vagaram para o epicentro do fenômeno, onde ele facilmente reconheceu a impressionante silhueta de Dirac lutando com um gigantesco,se não monstruoso Kollok. É certo que, embora a estatura de Dirac se destacasse entre os Helíotes, era quase igual ao dos guerreiros Kollok. Vê-lo ofuscado deu a Wigner uma sensação de desconforto.

Ele avaliou a situação do lado de Fuller. O novato estava se defendendo bem e controlava a situação em um grande perímetro … mas à sua esquerda estava uma frente Kollok, reforçada por veículos blindados,que avançava rapidamente. Progrediram, desembarcando nos flancos desprotegidos do exército dos Heliote, mal coberto pelo resto dos dardanitas, que haviam recuados para trás.

O líder dos Ultras mal se esquivou do raio aquecido cuspido por um tanque inimigo.E enquanto Feyn voava para remediar o ataque dessa máquina indecorosa, Wigner se repreendia. Ele repetiu muitas vezes: "Fique concentrado!"

Em um banho de faíscas, ele subiu subitamente. Desta forma, ele pôde observar a progressão dos Ultras na ala direita da ofensiva sem tentar por o inimigo abaixo novamente.

Led e Lidar também estavam presos no meio da batalha dentro da arena improvisada. Mais adiante, Bose, Nim e Waals pareciam lutar com eficiência na linha com a qual tinham sido encarregados.

As ordens eram sempre evitar comunicações não-vitais durante o combate, mas em tais circunstâncias, ele não se arriscaria muito entrando em contato com os guerreiros imobilizados. Dirac tinha visivelmente se aproximado de Led. Foi, portanto, ele que Wigner escolheu para pedir informações, e também para recolocar no campo de batalha. A extremidade do flanco esquerdo não sofreria sua ausência por muito mais tempo.

O veterano entendeu de forma concisa e eficaz.

"A ferida de Led. Foi isso que fez Dirac se expor e aceitar um duelo desarmado no coração da briga", analisou.

Depois de um conselho final e palavras de encorajamento para a retomada da luta, que seria difícil para os quatro Heliotes presos dinamicamente em meio à horda - ainda mais para Dirac -, Wigner ativou o gás de seus propulsores de fótons para se lançar em direção ao surto de Kollok na extrema esquerda da linha de frente.

O som da voz de seu líder animou Dirac um pouco.

O aperto contra o monstruoso Kollok era uma tortura. Seus braços, seus ombros, sua parte traseira; Todo o caminho para suas pernas, todos os músculos do campeão Heliote estavam gritando misericórdia … e ele estava começando a duvidar. E a dúvida, nesse tipo de confronto, era sinônimo de derrota!

Teria um dia frio no inferno antes que ele desse a besta vermelha insolente essa satisfação!

Isso e sua capitulação teriam energizado ainda mais os espectadores já freneticamente atrás de seu campeão. No chão, o monstro certamente pressionaria sua vantagem. Enfraquecido, o pequeno segundo necessário para reconstituir seu equipamento de combate certamente seria fatal para o maior Ultra.

Pensando rapidamente, Dirac tentou encontrar uma forma honrosa de mudar as marés a seu favor. Uma aproximação traiçoeira para terminar o duelo inevitavelmente iluminaria o fusível. Ele precisava que o simplório Kollok acreditasse que sua superioridade é normal para ele ter a menor chance de voltar ao combate regular antes de ser despedaçado.

Para começar, ele escolheu dobrar para baixo. Seu oponente ficou surpreso ao vê-lo de repente cair um joelho no chão. Um ovacionamento explodiu do clã Kollok saudando o que parecia fortemente como uma admissão de derrota pelo lutador Heloïte.

Braag e Led ficaram tensos ostensivamente; Lidar franziu a testa. Todos viam Dirac em apuros se ele fosse espancado.

Um rumor espalhou-se pelo exército marrom atrás dos Ultras.

O exército de Heliote não tinha parado … e a batalha que as tropas azuis tinham trazido rastejava sobre os espectadores Kollok mais próximos.

Dirac sabia que tinha que terminar rapidamente.

Apesar de seu sofrimento, apesar da chama do fogo em suas veias, em cada fibra muscular empurrada para seu último nível , ele permitiu um sorriso afetado para adornar seu rosto de outra forma bloqueado no esforço.

Perplexidade de repente se mostrou nos olhos do predador, encorajando Dirac um pouco enquanto ele dava ainda mais terreno trazendo seus braços trêmulos para dentro. O contraste entre os sinais de derrota e o sorriso confiante do Heliote deve ter criado uma confusão condenatória dentro da lógica simplista do monstro. Um bônus adicional para o belo truque de Dirac, que estava se preparando para puxar o gigantesco Kollok.

O colossal Ultra forçou as mãos nodosas para a esquerda, e depois saltando-as de volta ao centro. Fez uma pausa. Levando um fôlego, mobilizando o que ele tinha deixado de energia, de força … de luta contra a raiva.

De repente ele deu um passo para trás, trazendo todo o seu corpo com ele. Usando o efeito de surpresa e o súbito desequilíbrio do Kollok, ele se lançou para frente, soltando com a mão esquerda. Em um grito libertador, ele deixou toda a brutalidade acumulada explodir, torcendo o braço do oponente em uma posição cantilever e agarrando firmemente o cinto com a mão livre. A manobra o colocou idealmente abaixo do centro de gravidade de Kollok. Em um único movimento, com um impulso formidável, ele desvencilhou seus braços, tentando desenterrar o enorme corpo de seu oponente, incapaz de contra-atacar. Por um instante, Dirac tinha certeza de que seus braços, cansados ​​demais da luta prolongada, não seriam capazes de levantar uma massa tão pesada acima de sua cabeça. Com um último salto de orgulho, como um chicote, uma vontade poderosa de viver, ele conseguiu que a façanha agitasse seu adversário da Kollok. Em seu triunfo, o corpo do Kollok endureceu por causa da raiva por ter sido enganado. Não importava seus braços trêmulos, seus vasos sanguíneos salientes, seu rosto avermelhado ou o suor brilhando em dutos ao longo de todo o seu corpo … a façanha estava lá. Foi saudado pelo seu justo valor por altos elogios por um público dividido entre a admiração pelo campeão e a decepção pela perda de seu favorito.

A volta de honra que Dirac ofereceu a si mesmo, apesar da imensa dificuldade desse novo teste de força, não se dedicava apenas ao seu momento de glória. Enquanto isso, ele tinha todo o luxo para avaliar a posição de seus compatriotas, assim como sua própria situação. Embora ele soubesse do interesse dos Kolloks em sua luta, ele ficou surpreso com o tamanho da arena improvisada. É claro, ele sabia que o Led estava implicado, uma vez que era principalmente para comprar-lhe tempo que Dirac havia renunciado ao seu equipamento de combate … mas ver Braag e Lidar também estavam na mistura era incômodo. Não seriam dois, mas quatro Ultras que teriam que se arrancar dessa merda! Para completar, nessa parte da linha de frente, os tanques da Kollok estavam livres para vagar pela segurança na parte de trás. Esta não era a hora de sentar e apreciar a vista!

Quando o gigante Heloïte começou a reconstituir seu equipamento, uma sombra cobriu abruptamente uma grande parte do campo de batalha.

Não há tempo para tentar entender!

Com um puxão, Dirac descarregou o saco de carne que estava empoleirado acima de seu cabelo ruivo. Por um instante, ele pensou em espetar a fera antes de aterrissar. Ele escolheu não finalmente, decidindo que o guerreiro ganhara esse curto alívio. Não era muitas vezes um adversário diferente de um Ultra lhe deu tal dificuldade.

Quando Dirac lançou um último olhar para o titã se levantando ao redor do seu, o sinal de alarme de Wigner ressoou dentro dos implantes soldados em suas têmporas.

Guiados pelas ordens de seu líder, os Ultras reagiram rapidamente.

Braag, Dirac e Bose instantaneamente subiram verticalmente em uma chuva tripla de faíscas. Eles voaram em direção a um súbito ataque de drones que caiu de uma nave desconhecida a apenas cem metros acima do campo de batalha.

Em meio à confusão de tiros de luz mortais, Led e Lidar lutaram contra o corpo a corpo. Eles receberam apoio aéreo de Nim, Feyn e Fuller, que foram despachados para ajudar a libertá-los do nó górdio causado pelo duelo improvisado de Dirac.

Todos cometeram o erro de pensar que tinham que proteger a força principal contra esses dispositivos deviously fast e pequenos. As máquinas pareciam, de fato, programadas para dar prioridade aos próprios Ultras, e seus lasers não eram brincadeira.

Os três Heloïtes voadores rapidamente descobriram que cruzar um ao outro era uma tática eficaz para destruir as bolas de metal que os seguiam.

Depois de uma ofensiva feroz, Wigner recuperou a altitude para avaliar a nova situação. Os drones não faziam parte do arsenal habitual de Kollok, então de onde eles vinham?

Uma explosão de luz fez com que ele olhasse para cima.

Todo o caminho até lá, sob o véu amarelo do céu dardanita, um dos cruzadores Heloïte acabara de materializar um cânone.

Por convenção, grandes navios de guerra nunca atacaram as forças terrestres - os soldados destruíram uns aos outros em batalha, mas de maneira civilizada. No passado, as guerras estelares tinham causado danos imensos, as nações haviam percebido que empregar uma artilharia pesada fora do combate aéreo levaria inevitavelmente apenas ao genocídio de ambas as civilizações engajadas. Ninguém queria ganhar uma guerra sobre um planeta morto. Como tal, um acordo informal foi adotado. É claro que Helior tinha uma mudança de jogo, possuindo a mais alta tecnologia de guerra da galáxia, capaz de apagar planetas do cosmos. Não obstante, o Conselho do Sábio insistiu em conservar os princípios deles. Helior nunca se afastaria de seu primeiro princípio: agir sempre como defensor … tanto por seus próprios interesses quanto por seus aliados, tanto quanto por um senso moral. Isso permitiu que eles desempenhassem um papel fundamental ao se imporem como juízes de paz. Helior não abusou de seu poder, mas quem quer que fosse tentado a se expor aos encantos da aniquilação total. Exatamente o que era necessário para despertar o ressentimento, além da luxúria que suas formidáveis ​​riquezas científicas poderiam desencadear.

No entanto, contra uma nave espacial grande o ataque do cruzador era perfeitamente regular. Daí porque Galasir rapidamente escondeu sua frota do espaço aéreo dardanita antes da chegada do backup do Heloïte.

O gigantesco encouraçado comandado pelo general Maserf entrando na dança não foi um acontecimento que passou despercebido. Assim como Wigner, muitos combatentes haviam levantado seus olhares para seguir a trajetória de seu poderoso ataque, embora pouco visível do solo. Um clamor marcial levantou-se das fileiras de azul e laranja, comemorando com antecedência a queda da grande silhueta do navio de guerra inimigo contra as ondas marrons.

Uma fração de segundo antes de atingir sua marca, o feixe poderoso se dissipou em um estalo ensurdecedor.

- "Um campo de força! Estes dastardos têm um campo de força forte o suficiente para parar uma classe V Ultra-waver!", Soltou em voz alta o líder dos Ultras apesar de si mesmo.

Drones de Combate, uma corveta de última geração, que poderia ter fornecido esse equipamento de última geração para o sinistro Galasir?
Traduzido por: PedroSantos


Add a New Comment
or Sign in as Wikidot user
(will not be published)
- +