Traduzir/Editar.

Ver código fonte.

Havia uma debandada no centro de controle dos vargas. Ordens atrás de ordens eram dadas em intervalos menores que apenas alguns segundos. Eles estavam analisando o problema técnico que os estava impedindo de retornar Brolly para sua casa gelada e vazia… Inspecionavam a máquina trans-dimensional procurando por qualquer problema, pensando se tratar de algum fio cortado, e também olhavam incessantemente para as telas de seus computadores, na busca de algum erro no código da máquina.

Enquanto isso, os vargas de hierarquia mais alta, e também os namekuseijins, continuavam a assistir o combate cataclísmico entre Vegetto e Broly… Por sorte, os dois tinham o mesmo nível de poder, do contrário o lutador lunático teria certamente destruído tudo! Entretanto, os dois combatentes ainda demonstravam aumentos de poder! Se um deles aumentasse os poderes demais em relação ao outro, seria o fim! Um dos namekuseijins cruzou os dedos, rezando para que Vegetto vencesse, pois ele não queria morrer ainda, e ainda mais neste lugar!

_ Por enquanto, eu acho que Vegetto pode detê-lo. – disse um varga de cabelo azul.

O comentário quebrou o silêncio pesado que se fazia na sala, entre aqueles que assistiam o combate nos monitores e os que digitavam como loucos atrás da causa da pane no sistema. Apenas esse som de teclas era ouvido. Mas o mesmo varga logo se fez ouvir de novo:

_ Mas nós temos absolutamente que encontrar a causa do problema!

A fala fez os outros aumentarem ainda mais o ritmo de trabalho. Mas a espera ainda durou longos minutos, até que um dos pássaros finalmente encontrasse o problema:

_ ACHEI! Era uma peça que estava queimada! – ele disse com alegria, sabendo que certamente seria promovido em breve.

_ TROQUE-A! E depressa! Nós temos que mandar esse Broly de volta o quanto antes! – respondeu aos gritos novamente o chefe varga, com uma gota de suor escorrendo de sua testa.

De repente, a voz de Vegetto ressoou na sala de controle, através dos auto-falantes:

_ BIG BANG!!!

Vegetto estava prestes a fazer outro ataque devastador!

_ TARDE DEMAIS!!! – disse um dos namekuseijins, enquanto caminhava para trás, percebendo o quanto este novo ataque era ainda mais forte que o anterior, e muito mais!

O ataque lançado por Vegetto se chocou em cheio contra Brolly com uma violência terrível. A explosão que se seguiu desnorteou a todos os que assistiam, ao mesmo tempo em que também os ensurdecia… Os vargas tentavam conseguir ver alguma coisa que fosse, pelos monitores ou pelas grandes janelas. O escudo que protegia os espectadores aguentou o impacto por um momento, antes que cedesse levemente. Todos sentiram que a energia não deveria afetá-los, por mais forte que fosse, ela não teria energia para atravessar o escudo… Entretanto, Uub sentiu um pouco mais que os outros:

_ DROGA! A energia está perfurando o escudo! Os espectadores estão em perigo!

Se pelo menos um dos vargas o ouvisse, talvez eles pudessem aumentar a capacidade do escudo… Mas nenhum deles poderia ouvir uns aos outros realmente, devido ao barulho da explosão. Uub olhou rapidamente à sua volta: haviam pessoas que não eram guerreiras, e crianças também. Pan, Videl, Bra… Ele tinha que protegê-las! Era o que Goku faria!

Ele rapidamente se colocou entre as garotas e os dois amigos Goten e Trunks. Esticando suas mãos e com um poderoso kiai, Uub usou seu ki para criar um escudo em volta deles. Obviamente, ele não poderia proteger todo o estádio, mas se conseguisse ao menos algumas centenas de pessoas, já seria bom. Ele aguentou firme, até que a energia proveniente do ataque finalmente começou a se dissipar. No fim das contas, tinha sido menos perigoso do que ele achava que seria. O escudo acabou aguentando, permitindo que apenas uma pequena parcela da energia atravessasse.

Na sala de controle, os vargas chegaram à mesma conclusão. Um deles informou aos superiores:

_ Os escudos aguentaram, mas 1% da energia atravessou e feriu um pouco os espectadores.

_ Mande curandeiros imediatamente! – ordenou o chefe.

_ Sim, chefe! – isso foi ouvido enquanto três dos pequenos pássaros começaram a correr em direção aos namekuseijins para informá-los das ordens.

Os espectadores estavam definitivamente tendo o devido retorno de seus ingressos. A maioria deles ainda estava de bom humor, se divertindo com o incrível espetáculo. Poucos estavam realmente machucados. No espaço dos universos, os outros lutadores começaram a comentar:

_ Que poder! – exclamou Kakarotto do universo 13, ainda apertando as mãos e transformado em super saiyajin.

Atrás dele, Vegeta estava raivoso:

_ Grrrr!!! – ele rugia, balançando seu punho direito, diante de um poder maior que o seu.

E atrás deles, Raditz e Nappa, que não eram super saiyajins, haviam sido arremessados para trás pela explosão e se colidiram violentamente contra a parede. Eles tinham tentado resistir, mas foram facilmente arrastados, como mostravam as marcas no chão, antes de serem literalmente colocados para voar.

Não muito longe deles, no espaço de Cell, seu júnior havia tido um destino parecido, e devido a seu tamanho e reflexos mais lentos, também estava agora pregado na parede. Seu pai murmurava para si mesmo:

_ Impossível! – dizia enquanto olhava para o céu, onde já não havia mais nada para se ver…

No espaço do universo 4, Buu também pensava em voz alta:

_ Imenso… – ele sabia que viesse o que viesse, o deixaria surpreso, e assim foi.

Muitos, a exemplo de Bojack e Tapion, pensavam essas mesmas coisas. Mas outros tinham outras preocupações:

_ Está tudo bem, senhor Piccolo? – Gohan perguntou a seu velho mestre, a quem tinha protegido. O namekuseijin respondeu prontamente:

_ Sim, mas…

_ Eles sobreviveram? Ou… – interveio Goku, interessado nos destinos de Vegetto e Broly.

Piccolo e Vegeta cruzaram os braços, esperando e procurando pelo ki dos dois lutadores. No espaço do universo 16, Bra comentava para si mesma:

_ Então este era o poder que você estava escondendo, papai!

Ela disse isso com um sorriso no rosto, e também transformada em super saiyajin, assim como vários outros fizeram para se proteger. Ela estava orgulhosa por ser filha daquele guerreiro incomparável, fato que não a impediu de também ficar bastante surpresa. Ela própria não tinha noção do nível máximo de poder que seu pai era capaz de atingir.

Na sala de controle, um dos vargas informava aos superiores:

_ Nós localizamos os dois lutadores! Cada um deles está em um sentido oposto e a milhares de quilômetros daqui!

Um dos namekuseijins, que estava próximo do varga que falou isso, exclamou, surpreso:

_ Tão longe?! Como eles percorreram uma distância tão grande?! Eles estão… Vivos?

_ Eu vou checar…

Em um dos extremos do espaço… Brolly abriu seus olhos:

_ Kakarotto!!!

Ele havia se chocado contra um grande meteoro durante seu vôo, e o atravessou completamente, sem perder velocidade alguma. Quando ele bateu contra um segundo asteróide, ele manejou de forma a suportar o impacto, e ficou pregado nele. Seu corpo ainda estava soltando fumaça… Ele explodiu em ira e se lançou em direção ao estádio, que estava a uma distância que ele cobriria em menos de dois minutos de vôo… Destruindo o que havia restado do asteróide no processo.

IMAGEM AQUI

Broly estava acostumado a viajar no espaço. A repentina falta de oxigênio e pressão não eram mais surpresa para ele. Isso acontecia toda vez que ele destruía algum planeta ou mesmo sistema solar…

Trunks do universo 12 estava ajudando um espectador a se levantar. Ele havia sido um dos que havia caído da arquibancada quando o escudo foi danificado, aterrissando próximo ao jovem homem com a espada.

_ Você está bem?

Trunks perguntou e no mesmo momento sentiu o ki de Broly se aproximando. Ele ajudou o espectador a subir de volta na arquibancada, meio tonto mas sem ferimentos, e então foi falar com #16 a respeito do que tinha sentido:

_ Broly está voltando, e muito rápido!

#16 respondeu:

_ E mais uma vez, seu poder é maior que o de Vegetto. Quanto a este… Não está se movendo.

_ Ele está morto?

_ Não. Ele desacelerou e então parou no meio do espaço.

De fato, Vegetto estava vivo e bem consciente. Ele havia se permitido vagar por um momento… Olhando para estrelas, sorrindo e, apesar de tudo, se sentindo bem. Esta luta foi espetacular! Um sonho! Ele nunca tinha se esgotado antes…

Buu também já tinha detectado Vegetto parado. Sabia que ele estava vivo, e sabia também que, se Vegetto não voltou imediatamente para o ringue, dele deveria estar exausto. Buu pensou:

“Bem feito, Vegetto… Você está exausto e Broly está voltando. Eu entendo que você queria se diverter, claro que eu entendo. Mas o que você vai fazer agora, que o seu poder foi novamente superado pelo de Broly? Você brincou tanto, que se colocou em perigo, e eu conheço esse sentimento muito bem… Vinte anos atrás, você quase me destruiu porque eu não fui cuidadoso… E agora você vai ser destruído porque seu ataque não foi forte o suficiente. Eu pensei que você fosse mais precavido do que isso, mas vejo que eu estava errado…”

E concluiu seus pensamentos:

“Eu vou ter que terminar essa luta eu mesmo… E farei isso com prazer. Depois, quando você voltar, eu vou te esmagar!”

Seu plano era perfeito, era impossível que falhasse. Mas, de repente, o ki de Vegetto apareceu muito próximo. Ele havia usado o teletransporte.

_ Lá está ele! – Bra sorriu ao ver seu pai, mas logo ela ficou surpresa ao ver o estado em que ele se encontrava.

_ Papai! Ele está ferido! – Gohan exclamou.

_ Pensando bem, a última vez que Vegetto foi ferido foi… Nunca! Vegetto nunca foi ferido desde que nasceu! – Piccolo acrescentou, surpreso.

IMAGEM AQUI

Vegetto tinha escoriações por todo o corpo, sangue respingado em todo lugar, e suas roupas foram reduzidas a trapos. Entretanto, o guerreiro não parecia ter perdido a vontade de lutar… Ainda como um super saiyajin 2, ele manteve o olhar na direção de Broly, que continuava a se aproximar como um cometa, enquanto dizia para si mesmo:

_ Obrigado pela luta, Broly… Eu acho que nunca mais terei um oponente tão poderoso como você! Mas eu tenho que colocar um fim nisso… Seu poder continua crescendo e logo eu não poderei mais proteger todos.

No universo 18, todos se perguntavam o que fazer. Piccolo foi o primeiro:

_ O poder de Broly aumentou de novo… E agora é maior que o de Vegetto!

_ Talvez nós deveríamos tê-lo ajudado mais cedo! – Goku respondeu.

Gohan disse, enquanto concentrava seu ki e uma aura branca o cercava:

_ Vamos lá! Se trabalharmos juntos, ainda podemos ajudar Vegetto! Se nós esperarmos mais, seremos todos mortos!

_ Eu não acho que vá adiantar, mas você está certo. – disse Piccolo.

Embora o namekuseijin estivesse tenso, sua expressão era brava, e ele começava a remover seu turbante. Mas Goku interveio:

_ Não! Nós ficaremos todos aqui!

_ Eu concordo. Ninguém do universo 16 está fazendo nada, então nós também não vamos interferir. Ruim para eles se Vegetto for derrotado. E eu também não tenho a intenção de lutar no lugar deles… – Vegeta acrescentou.

_ Mas se Vegetto for derrotado, estaremos todos mortos!

Gohan havia começado a argumentar, mas parou de repente, ao ouvir uma voz em sua mente… Era Piccolo do universo 16!

“Gohan, não interfira. Confie em nós.”

Isso foi tudo. Gohan olhou para o Piccolo de seu universo, que não estava olhando para ele. Então olhou para o do universo 16, que estava olhando para ele! Lá, Piccolo, Bra, Goten e Trunks, todos estavam confiando em Vegetto. Gohan se virou… Ele ainda estava se recusando a não fazer nada. Porém, Goku sentenciou:

_ Se Piccolo confia em Vegetto, então eu não vou interferir.

Vegeta sorriu. Isso era o que ele queria também. Piccolo vestiu de volta seu turbante e finalmente Gohan fez sua aura diminuir. Eles iriam ficar bem. Se Vegetto ainda tinha confiança, então todos eles deveriam ter também. Ainda no espaço do universo 16, Bra e Gohan olhavam bem para Vegetto: eles certamente confiavam nele, mas eles também nunca o haviam visto tão poderoso… E se perguntavam o que mais de recursos ele poderia ter. Afinal, embora ele tenha sido capaz de controlar a luta em sua forma de super saiyajin 2, isso não era mais suficiente para deter Broly agora…

Vegetto finalmente se mexeu. Ele abriu os braços para os lados, mãos abertas e dedos esticados. E disse:

_ Até agora, eu nunca tinha mostrado esse poder a ninguém…

E começou a fazer um esforço supremo, puxando para fora toda a energia que ele tinha:

_ AAAAAAAHHHHHHHHHHHHHH!!!

Uma luz cegante emergiu do corpo de Vegetto, afetando novamente todos os espectadores e participantes. Os vargas detectaram um imenso pico de energia, e que continuava a subir! O namekuseijin gigante do universo 7, Gast, que até agora mal havia se movido exceto para piscar de vez em quando, desta vez foi obrigado a cobrir seus olhos e estava realmente impressionado pela força que estava jorrando… Uma força que ninguém mais seria capaz de igualar!

Vegetto gritou realmente alto. Sua aura aumentou, numerosos raios estalavam a seu redor, não só por resultado de sua força, mas também por pura vontade! Ainda em grande esforço, seu cabelo começou a se alongar até quase a parte de trás dos joelhos, suas sombrancelhas desapareceram… E sua massa muscular dobrou!

Vegetto havia se transformado… No temível super saiyajin 3!!!

IMAGEM AQUI

IMAGEM AQUI


_ Traduzido por Akroma



Adicionar um Novo Comentário
ou Iniciar como usuário Wikidot
(não será publicado)
- +